CDU foi ao bairro de Santo Amaro denunciar “inércia” do IHM e do GR

A CDU esteve hoje no Bairro de Santo Amaro com o fito de denunciar a alegada inércia do Governo Regional da Madeira e, em particular, por parte da empresa pública “Investimentos Habitacionais da Madeira (IHM) na resolução dos problemas dos seus inquilinos.

“Muitas têm sido as conferências de imprensa por parte do IHM e pelo Governo Regional a referir que uma das suas prioridades é a recuperação do parque habitacional público regional e a construção de mais habitação social para dar resposta às necessidades de habitação digna a mais de 6.000 madeirenses e porto-santenses”, referem os comunistas.

“Lamentavelmente, o discurso dos governantes não está articulado com a prática e torna-se completamente incoerente quando confrontado com a realidade dos bairros sociais que tem à sua responsabilidade. Em muitas das situações só não existe melhor habitação porque o Governo Regional se demite das suas obrigações de investimento básico na manutenção e recuperação das áreas habitacionais”, declara a CDU.

“O exemplo claro deste problema é o que está a acontecer no Bairro de Santo Amaro, onde se agravam os problemas e as condições de vida da população. Vale a pena apontar o caso concreto do Bloco nº 10 do Bairro de Santo Amaro, onde há mais de 5 semanas deixou de funcionar o elevador. Apesar das muitas solicitações por parte dos moradores do prédio para que a IHM, proprietário do imóvel, diligencie no sentido de garantir o arranjo do elevador, pelo facto de existirem habitantes no referido edifício com mobilidade reduzida, até ao dia de hoje nada foi feito no sentido da resolução do problema. Apesar dos muitos apelos por parte da população para que a IHM cumpra com as suas obrigações, a resposta necessária não se faz sentir”.

A CDU promete solicitar esclarecimentos ao Governo Regional e ao IHM sobre esta lamentável situação.