Inaugurado núcleo expositivo dedicado a Virgílio Teixeira no Teatro Municipal

A vereadora Madalena Nunes inaugurou, ontem à noite, o núcleo expositivo dedicado ao conhecido actor madeirense Virgílio Teixeira, que passará a estar em exibição permanente nos corredores do segundo piso do Teatro Municipal Baltazar Dias, na chamada ala do cinema. Recorde-se que o Teatro está a celebrar, esta semana, o centenário do nascimento de Virgílio Teixeira, com várias iniciativas em sua homenagem, que começou ontem com um ciclo de cinema, prossegue hoje com um colóquio e termina amanhã com um espectáculo com Vânia Fernandes.

A nova exposição permanente, informa-nos a CMF, é composta por um espólio de cerca de 70 objectos, doados pela viúva do actor, Vanda Teixeira, que foi ontem convidada de honra da Câmara Municipal do Funchal, e reúne galardões, fotografias, recortes de imprensa e documentos privados, cumprindo um sonho expresso pelo lendário actor madeirense que, ao longo da carreira, nomeadamente entre as décadas de 1940 e 1960, contracenou com alguns dos maiores nomes da História da Sétima Arte, como Sophia Loren, Omar Sharif, Charlton Heston ou Rita Hayworth.

Madalena Nunes enalteceu, na ocasião, “a enorme honra da Câmara Municipal em associar-se à maior referência de sempre do cinema madeirense”, sublinhando que este reconhecimento “era um dever da cidade que o viu nascer. É aqui mesmo, na nossa terra, que devemos dignificar aqueles que melhor nos representaram e que levaram o nosso nome mais longe. Esta é mais uma prova, absolutamente simbólica, de que hoje, no Funchal, a Cultura é encarada com a reverência que merece.”