Comissão Política do PSD criticou governo central e elogiou o governo regional

Congratulando-se pela recente realização da Cimeira Insular Madeira – Açores, a Comissão Política do PSD/Madeira, reunida ontem, sublinhou o aprofundamento das relações institucionais e de cooperação entre os dois arquipélagos, numa Jornada que veio abrir espaço “a um novo ciclo de trabalho conjunto e focado na defesa dos interesses das populações insulares, junto da República”, conforme referiu o secretário-geral José Prada na leitura das conclusões.

O trabalho será para intensificar tanto do ponto de vista governamental, quanto parlamentar, em matérias que são do interesse comum às duas Regiões – designadamente em áreas como a revisão Constitucional, o mar, as acessibilidades, os transportes e as comunicações, entre outras – assim como na Revisão da Lei das Finanças das Regiões Autónomas, para a qual foi constituído, nesta Cimeira Insular, um Grupo de Trabalho.

A Comissão Política criticou o Governo da República e o “tratamento discriminatório” de que a Região continua a ser alvo, reiterando que, em nome da defesa intransigente da Madeira, “o PSD/M continuará a insistir na resolução dos dossiês pendentes com a Região, desta feita durante a discussão do Orçamento do Estado prevista para o próximo mês de Outubro, esperando que haja correspondência e concretização e que, acima de tudo, esta venha a ser uma oportunidade de corrigir injustiças que, infelizmente, subsistem por parte do Governo Central”.

A Comissão Política elogiou. por outro lado, o trabalho desenvolvido pelo Governo Regional, no “rigoroso cumprimento do seu Programa de Governo”, destacando, entre outras, as medidas de apoio às famílias e empresas, as ajudas aos agricultores, a aposta decisiva e descentralizada na habitação a custos controlados para os mais jovens, a consagração da Costa Norte e Porto Santo como as regiões com o IRC mais baixo do País e, também, a estabilidade e a inovação que marcaram o arranque do novo ano escolar.

Um trabalho que, conforme sublinham os social-democratas, está na base da franca recuperação económica que atualmente se vive na Região, evidente a vários níveis, como é o caso do sector do Turismo – que soma recordes consecutivos e que, em Julho, ultrapassou mais de 1 milhão de dormidas – e do emprego – com a taxa de desemprego a cair, no mês de Agosto, 40,8% face ao período homólogo do ano passado.

A Comissão Política concluiu salientando a dinâmica e a unidade na acção que têm vindo a caracterizar a actividade das várias estruturas do partido, apelando a que este espírito se mantenha e reforce rumo aos próximos desafios eleitorais que se avizinham, “contra uma oposição que é fraca nos seus argumentos, que defende aquilo que o PSD/M diariamente já cumpre, que esbarra na sua própria demagogia e que nada tem para acrescentar ao futuro do povo Madeirense”.

Durante esta reunião, foi também relembrada a realização do Jantar de Natal do PSD/M, previsto para o próximo dia 9 de Dezembro, no Madeira Tecnopólo, no qual o partido espera contar, conforme habitual, com o envolvimento, o entusiasmo e a participação ativa de todos os seus militantes.