O dono do petroleiro japonês, que sofreu ataque no estreito de Omã, disse, sexta-feira, que as informações, que estão a ser veiculadas pelos EUA, são falsas [vídeo]

¡AF!