Bruno Fernandes vai lutar pelo pódio no Rali da Calheta que começa amanhã

O carro de Bruno Fernandes “joga em casa”.

Depois do azar ter batido à porta nos dois ralis anteriores -onde desistiu por avaria- (Calheta e Porto Santo), Bruno Fernandes quer lutar pelo pódio no Rali da Calheta.

Na antevisão da prova, o piloto da “NP Publicidade/BF Sport” [equipa Bruno Fernandes/Mauro Sousa, em Citroen C2 R2 MAX] revela que espera alcançar o pódio final neste rali, “o rali do Nosso concelho, o concelho da Calheta”.

Bruno Fernandes vai “tentar andar depressa e bem para que um resultado positivo surja mas sempre com o Pódio Final em mente até porque temos tido alguns azares neste começo de época e, esperemos que neste terceiro rali que compõe o Campeonato da Madeira de Ralis seja o chamado “virar de página””, disse.

Por seu turno, a equipa parceira do Funchal Notícias, a “Be You Rally Team” faz o segundo rally, depois da experiência de São Vicente mas ainda com a endurance, pelo meio, da rampa do Monte.

Aos comandos do Citroen C2 Troféu da BF Sport, a equipa Rogério Sousa/Sílvia Tavares vai para a estrada com o objetivo principal de terminar a prova classificada, por forma a poder acumular kms, ir melhorando o seu desempenho e ir se superar a si mesma.

Já Márcio Nóbrega [equipa Márcio Nóbrega/Paulo Nóbrega – Citroen DS3 R1] revela que o propósito, neste rally, é “fazermos bons tempos e conseguir uma boa classificação para poder recuperar o 3.º lugar do troféu drs3 remaxelit, pois perdemos essa posição porque não estivemos presentes no rally do Porto Santo”.

“Estamos preparados tendo em conta que pudemos fazer testes com o carro no passado fim de semana e também fizemos reconhecimentos do traçado pelo que vamos com a lição estudada. Neste rally vamos usar uma borracha de pneu mais dura a ver se conseguimos com isso ter melhores tempos no final de casa classificativa. É ambicioso para uma dupla muito “verde” mas não impossível”, revela.

Por seu turno, a equipa Vítor Ferro/Carlos Ferro, em Toyota Yaris, também tecnicamente assistida pela BF Sport revela que a participação no Rali da Calheta “tem como objetivo principal validar em ambiente competitivo que está tudo ok com o nosso carro”.

“Após o acidente que tivemos na Rampa da Ponta do Sol 2018, decidimos recuperar o carro e, com brio e profissionalismo da BF Sport, partimos para o rali da Calheta com a ambição de sermos competitivos na categoria RC5”.