Miguel Fonseca denuncia JPP por debate pouco democrático em Santa Cruz

Miguel Fonseca, candidato independente apoiado pelo Bloco de Esquerda à edilidade santacruzense, denunciou hoje um debate a decorrer alegadamente à porta fechada naquele concelho, deixando de fora actores políticos, naquilo que classificou como um “ultraje à democracia”.

Dentro de um hotel, que classificou como um “bunker”,  “fechados à população, estão apenas os representantes de 50% da população dos eleitores de Santa Cruz. Os restantes 50% ficaram de fora deste debate”, fulminou. E partiu para uma rápida consideração, a do mau funcionamento da democracia, em consequência de tal atitude por parte do JPP, partido que teceu não poucas acusações de falta de transparência e democracia aos social-democratas, mas que agora pauta a sua conduta por estes maus exemplos.

Miguel Fonseca verberou ainda o Jornal da Madeira, que acusou de ignorar propositadamente a sua candidatura, considerando que está “conluiado” com o secretário-geral do PS-M.