Cidadãos contestam posto de carregamento para automóveis eléctricos que não funciona; SRETC diz que estará reparado na próxima semana

Imagem da inauguração.  Foto Rui Marote

Eduardo Jesus tem-se desdobrado em iniciativas promotoras da mobilidade sustentável. Ainda hoje a Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura anunciou que a campanha de sensibilização pública para a mobilidade eléctrica, MADEIRA MOVE, chegará ao Porto Santo na próxima quinta-feira, 14 de Setembro. A iniciativa assim denominada foi apresentada pelo governante em conferência de imprensa na Praça do Povo, há quatro dias. Mas os leitores do FN, atentos, não tardaram a fazer notar que o posto de carregamento de carga rápida situado nas proximidades do hotel CR7 e respectiva praça, na Avenida Sá Carneiro, deixou de funcionar, apenas uma semana passada depois da sua inauguração por Eduardo Jesus. “E passados mais de 2 meses continua avariado”, criticam.

Ora o FN contactou a este respeito a Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, no sentido de apurar qual a razão para esta situação, obviamente indesejável para todas as partes.

Na resposta, diz a SRETC que o Posto de Carregamento (PC) rápido instalado na Avenida Sá Carneiro “faz parte do primeiro pacote de adjudicação que consiste no fornecimento, instalação e colocação em serviço de 3 PC, adjudicado pela Emacom à empresa MagumCap”.

A Secretaria diz que se se trata do primeiro PC deste tipo instalado na RAM e assume que, de facto, pouco tempo após a sua entrada em funcionamento, “têm ocorrido situações anómalas que a Emacom tem procurado, de todas as maneiras, ultrapassar, em colaboração com a MagnumCap”, garante.

“A natureza das anomalias está associada essencialmente a questões de software, as quais só podem ser solucionadas pela empresa adjudicatária. Numa primeira fase, foi realizada uma tentativa de resolução à distância, mas a intervenção não permitiu uma resolução cabal, acabando mesmo por originar a desligação do PC”, salienta a Secretaria da tutela.

Porém, garante a SRETC, esta situação deverá ficar ultrapassada na próxima semana, altura em que será feito o retrofit do referido PC, a par da instalação dos dois restantes.