Incentivos às empresas com boa adesão

eduardo jesus

Os empresários madeirenses estão a aderir, de forma positiva, aos sistemas de incentivos que foram lançados pela Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, através do Instituto de Desenvolvimento Empresarial. Em apenas quatro meses, são já 89 as candidaturas apresentadas a estes sistemas, num investimento global que ronda os 12,7 milhões de euros.

Dos 4 Sistemas de Incentivos apresentados até ao momento – Internacionalizar 2020, Empreender 2020, Valorizar 2020 e Funcionamento 2020 – é este último que recolhe a larga maioria das propostas, precisamente aquele que foi lançado há cerca de um mês e cujas candidaturas foram abertas no passado dia 21 de julho.

Em apenas 3 semanas, o SI Funcionamento conseguiu registar 76 candidaturas, no total das 89 apresentadas. Importa aqui lembrar que este Sistema visa apoiar as pequenas e médias empresas ao nível das suas despesas correntes, exigindo, como contrapartida, a manutenção e a possível geração de emprego, por parte das entidades candidatadas.

Para o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, estes números representam «a resposta privada ao impulso público induzido através destes Sistemas, que visam não só o desenvolvimento económico mas, também e fundamentalmente, a criação e a manutenção dos postos de trabalho».

Efetivamente, «todos estes Sistemas de Incentivos valem pelo efeito socioeconómico que provocam», reforça Eduardo Jesus, acrescentando que, neste caso, «falamos de empregos que se mantêm, de empresas que continuam a funcionar, de maior poder de compra que se gera na Região e de toda uma cadeia económica de valor que, enquanto Governo, queremos e devemos saber apoiar e impulsionar».

Recorde-se que estes 4 Sistemas de Incentivos, integrados no âmbito do Programa Madeira 14-20, apresentam, no total, uma dotação orçamental que ascende a cerca de 113 milhões de euros, comparticipada em 85% pelos fundos do FEDER e em 15% pelo orçamento regional.