JPP quer revitalizar técnicas e ofícios tradicionais

O JPP apresentou hoje em Machico uma das medidas que deverá integrar o Plano Estratégico Municipal para o Turismo, nomeadamente o apoio às técnicas e ofícios tradicionais do concelho.

Carlos Costa lembrou ofícios milenares que, com o tempo “têm caído em desuso, como o ferreiro, a tecedeira, o tanoeiro, o cesteiro, o sapateiro, as pessoas que trabalham em moinhos de água”.

“Estes ofícios fazem parte do nosso Património Cultural Imaterial devendo, por isso, ser salvaguardado e devidamente aproveitado para o Plano Estratégico Municipal para o Turismo”, referiu o candidato.

“O nosso grande propósito é que consigamos tirar proveitos turísticos destas manifestações etnográficas, destas técnicas artesanais, destes ofícios, criando novos roteiros turísticos e, dessa forma, poder cativar, cada vez mais, o turista”, frisou.

Este é um trabalho que exige uma “inventariação do património cultural imaterial que existe no nosso Concelho, a criação de um regulamento com critérios específicos de apoio e a criação de dotação orçamental, no sentido de sustentar um programa devidamente organizado”, considerou.