MDM-Madeira realiza iniciativa subordinada ao tema do cancro da mama

O MDM-Madeira vai realizar uma iniciativa alusiva ao cancro da mama, dia 11, sexta-feira, na galeria Anjos Teixeira. O evento poderá ser seguido também via online, na página do MDM- Madeira no Facebook, em directo.

O cancro da mama é, a nível mundial, o cancro que mais acomete as mulheres e por ano é diagnosticado em cerca de 2 milhões de mulheres, podendo este vir a afectar cerca de 10% das mulheres. Mas é também devido a esta incidência alta (o cancro da mama é o segundo cancro mais comum e o mais frequente em mulheres), que o tratamento desta doença tem evoluído, mais do que em qualquer outro tipo de cancro, e com a colaboração e próxima de várias áreas da saúde e não só, refere a coordenadora do MDM, Sílvia Vasconcelos.

“Felizmente, a evolução do conhecimento sobre esta patologia aumentado o que resulta em melhores resultados de tratamento e, hoje, tem mesmo um óptimo prognóstico de cura. A criação e aposta em programas de rastreio, permitiu que o cancro da mama seja detectado precocemente nos nossos dias o que significou um aumento da esperança para muitas pacientes que se resignavam antes a esperar um desfecho fatal. E é neste sentido que irá o nosso encontro: numa mensagem de esperança para todos, doentes e respectivos familiares, através da junção 4 intervenções de diferentes saberes”, explica.

A doença será abordada sob o ponto visto da sua expressão clínica e diagnóstica, passando pelos cuidados de saúde primários através da intervenção de duas oradoras- uma médica e uma enfermeira- mas também com uma exposição sobre o seu aspecto emocional e psicológico. Para estas duas últimas abordagens foram convidadas uma psicóloga e um tatuador de mamas de mulheres mastectomizadas, mesmo que esta prática hoje só ocorra sob condições restritas.