Rui Barreto anuncia que o Governo está a preparar novos apoios a fundo perdido

De acordo com um comunicado governamental, a Madeira Parques Empresariais, sociedade gestora dos parques da Madeira e do Porto Santo, inaugurou hoje 15 novos pavilhões no parque de Câmara de Lobos. A cerimónia foi presidida pelo presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e contou a presença do secretário regional com a tutela da Economia, Rui Barreto, e do presidente da autarquia de Câmara de Lobos, Pedro Coelho, conforme já tinha sido previsto e anunciado.

Nesta oportunidade, o secretário regional da Economia saudou os empresários responsáveis pelos pavilhões agora ocupados por negócios do sector da indústria e da construção, considerando que este é um investimento “importante” realizado pela Madeira Parques, que classificou como “uma empresa fundamental para o nosso desenvolvimento e para o ordenamento comercial e industrial da RAM”.

“Quero dar uma palavra de reconhecimento a todos os empresários, a todos os investidores, mas também a todos os trabalhadores que compõem as vossas empresas”, disse dirigindo-se aos cerca de 15 empresários presentes. “Estamos a viver uma pandemia que assolou o mundo e em particular a nossa Região Autónoma, mas nós estamos aqui para contrariar esta tendência. Não podemos baixar os braços”, disse.

O governante transmitiu ainda que em breve serão lançados novos apoios a fundo perdido. A secretaria da Economia está a preparar o lançamento do Aviso do SI Funcionamento. O novo apoio vai cobrir a fundo perdido despesas com salários, TSU, comunicações, água, eletricidade, rendas e vigilância. Apoios aos custos fixos que, nesta fase, são fundamentais para “manter as empresas vivas”.

Barreto garante que o Governo Regional tem “empregado todos os esforços para estar lado a lado com os empresários”, e continuará a fazê-lo até que regresse a “normalidade” porque “este é um governo que acredita na iniciativa privada”. concluiu.

Já o presidente da MPE aproveitou o momento para anunciar um “protocolo de colaboração” com a Câmara Municipal de Câmara de Lobos, que permitirá isentar em 50% as taxas de licenciamento às empresas apostem nos parques sediados no Concelho.

Os pavilhões inaugurados esta manhã representam um investimento na ordem dos 2,1 milhões de euros. As empresas sediadas representam para a MPE um volume de faturação de 8.500 € mês/102.000,00€ ano. Através deste investimento serão criados 40 novos postos de trabalho que irão laborar em áreas tais como a serrilharia, carpintaria, vinhos construção civil, alumínios e panificação.

O Parque Empresarial de Câmara de Lobos alcançou em 2020 um crescimento de 6,6% de ocupação. Actualmente a ocupação deste parque situa-se nos 72,1%, referem fontes oficiais.