Trabalhador da Sociohabita testa positivo para Covid-19 e CMF acciona plano de contingência

Um trabalhador da empresa municipal SociohabitaFunchal testou positivo para a Covid-19, o que fez com que a Câmara Municipal do Funchal, ao saber do sucedido hoje ao final do dia, accionasse o seu plano de contingência.

De acordo com a autarquia, o trabalhador em causa já tinha realizado dois testes este mês, ambos com resultado negativo. Isto depois de ter passado férias fora da Região. Entretanto, autoisolou-se na sua residência desde o passado sábado, dia 17 de Outubro, após terem surgido os primeiros sintomas da doença, garante a CMF. O trabalhador contactou então o IASaúde e ficou a aguardar a realização do teste, o que aconteceu ontem à noite.

Assim que a Câmara Municipal do Funchal teve conhecimento do caso positivo, explica, foi activado o plano de contingência interno, mesmo apesar disso já ter acontecido após o final do horário de expediente, e estão a ser feitas todas as diligências necessárias para ajudar a identificar eventuais contactos ocorridos, em estreita colaboração com o IASaúde.

O andar do edifício da SociohabitaFunchal onde o trabalhador em causa exercia as suas funções já foi, entretanto, encerrado e assim continuará amanhã, quarta-feira, dia em que terá lugar a higienização integral do espaço, explica a edilidade funchalense.