“Liceu” leva Arquivo e Biblioteca da Madeira à Escola para uma viagem no tempo sobre as figuras ilustres que visitaram a Madeira

Marcela Costa e Natalina Sousa elucidaram os estudantes sobre a preservação dos documentos no Arquivo e Biblioteca da Madeira e a evolução do turismo.

A Escola Secundária Jaime Moniz dinamizou hoje uma Conferência sobre a importância e o papel do Arquivo e da Biblioteca da Madeira, conduzida por Natalina Sousa e Marcela Costa, técnicas afetas ao Serviço Educativo da citada instituição. Uma oportunidade ainda para uma apresentação sobre o Turismo na Madeira ao longo dos últimos 200 anos.

Esta iniciativa foi coordenada pelo Curso Técnico de Informação e Animação Turística, tipo 6, e contou com a participação ativa dos alunos da turma 2 e respetivos professores, com o objetivo de sensibilizar para a importância do Arquivo e da Biblioteca da Madeira na salvaguarda e preservação do património documental da Madeira.

Natalina Sousa apresentou alguns documentos de grande valor histórico que constam do Arquivo, desde o século XV, como atas, iluminuras, cartas, jornais e até registos de nascimento. Também foram divulgadas diversas fotografias históricas do Liceu Jaime Moniz, desde a sua construção a algumas atividades extracurriculares, entre 1968 e 1969, nomeadamente aulas de datilografia, culinária, gincanas e até mesmo tiro, entre outras.

Marcela Costa, com imagens alusivas às respetivas épocas,  elucidou os estudantes sobre o nascimento do turismo na Madeira há 200 anos, inicialmente como turismo científico, graças a alguns cientistas que passaram pela Madeira para as suas investigações, no século XVIII, seguindo-se o turismo terapêutico, no século XIX, e, no século XX, o chamado turismo de lazer.

Curiosa foi a forma como a conferência foi encerrada, através de um momento de dramatização, por parte dos estudantes, que simularam uma viagem no tempo e dialogaram com as ilustres personalidades que visitaram a Madeira. Uma forma de conhecer a história de forma lúdica e artística, através da dramatização, da autoria de Marcela Costa e demais colaboradores do Arquivo.