Diocese do Funchal promove “Vigília pela Vida” a propósito do Dia Mundial do Doente e da discussão parlamentar sobre a eutanásia

De acordo com uma nota assinada pelo cónego Marcos Gonçalves, do gabinete de informação da Diocese do Funchal, no próximo dia 12 de Fevereiro será assinalado o XXVIII Dia Mundial do Doente. Já no dia 20 de Fevereiro, está agendada a discussão, na Assembleia da República sobre a despenalização da eutanásia em Portugal. “Estes dois acontecimentos estão no centro do convite que a Diocese do Funchal, juntamente com outras Confissões Religiosas, realiza a todos, para um encontro de Oração e Reflexão sobre a vida humana, sabendo que esta é inviolável (Constituição da Republica Portuguesa, Artigo 24). Este momento será vivido em Vigília, a realizar-se no próximo dia 18 de Fevereiro, pelas 19h30, na Igreja do Colégio”.

“Queridos profissionais da saúde: qualquer intervenção de diagnóstico, de prevenção, de terapêutica, de investigação, de tratamento e de reabilitação há-de ter por objectivo a pessoa doente, onde o substantivo “pessoa” venha sempre antes do adjectivo “doente”. Por isso, a vossa acção tenha em vista constantemente a dignidade e a vida da pessoa, sem qualquer cedência a actos como a eutanásia, o suicídio assistido ou a supressão da vida, mesmo se o estado da doença for irreversível”. (Papa Francisco na sua mensagem para o Dia mundial do Doente). Assim termina o comunicado da Diocese.