Funchal presta homenagem à professora Lígia Brazão

CMF ligia Brazão BO vereador da Câmara Municipal do Funchal, Rúben Abreu, marcou presença, esta tarde, no Teatro Municipal Baltazar Dias, na sessão de abertura do Festival de Marionetas e Outras Formas Animadas – MARIOFA, que teve como ponto alto, o descerramento de uma placa de homenagem à Professora Lígia Brazão, grande impulsionadora da arte da marioneta na Região.

Rúben Abreu salientou que “é um prazer para a Câmara Municipal do Funchal estar presente na homenagem a uma mulher como a Professora Lígia Brazão, todos nós temos um professor que recordamos com saudade por ter marcado a nossa vida, acredito que muitos alunos madeirenses recordam a Professora Lígia Brazão como essa pessoa, que os marcou pela forma entusiasta como se dedicou a ensinar-lhes a magia do Teatro de Marionetas”.

“Especialmente neste momento em que damos início à primeira edição do Festival de Marionetas, não o poderíamos fazer sem agradecer e reconhecer o mérito de quem, durante décadas, divulgou esta arte cénica através de peças de teatro e oficinas de construção e manipulação de marionetas, e também por toda a influência e sobretudo motivação na vertente artística, que a Professora Lígia Brazão exerceu sobre várias gerações de professores e crianças”.

Recorde-se que o MARIOFA, uma coprodução da Câmara Municipal do Funchal e da Associação Nuvem Aquarela, apresenta-se como um festival diversificado e dirigido a vários públicos, desde as crianças aos adultos, e percorrerá, de 10 a 12 de outubro, vários espaços da cidade, com espetáculos no Largo da Restauração, na Praça Amarela, na Zona Velha e no Parque de Santa Catarina e Teatro Municipal.