RIR pessimista diz que jovens têm dois caminhos, o Instituto de Emprego ou a emigração

O Partido RIR, com o seu cabeça de lista, Fernando Góis, esteve hoje presente no Instituto de Emprego da Madeira, numa iniciativa política onde denunciou a falta de emprego dos jovens madeirenses.
Segundo o partido, os jovens, neste momento só têm como alternativa o Instituto de Emprego ou a emigração, ao contrário dos filhos dos senhores políticos que já têm os seus postos de trabalho garantidos sem terem que se esforçar muito como é o caso do filho do Presidente do Partido Socialista, Olávo Câmara que vai em número dois da lista à Assembleia da República e sem nunca ter feito nada na vida já tem o seu futuro assegurado.
O Partido RIR sabe o quanto as famílias têm se esforçado para dar estudos aos seus filhos, onde muitos passam por sacrifícios para conseguirem que os seus familiares tenham uma melhor formação e depois ninguém faz nada pelos jovens que acabam por emigrar. Daí a contestação aos números falaciosos do número de desempregados a baixar, mas que, na prática o que se verifica é um aumento da emigração.
O Partido RIR defende que a idade da reforma deve baixar para dar oportunidade a uma geração que é das mais qualificadas de sempre e não se está a aproveitar, formando alunos com enorme potencial para depois jogar fora.