BE diz que concessão do porto é o grande garrote à economia regional

Há uma teia densa montada pelo PSD entre o Governo e os grandes grupos privados que controla tudo e impede qualquer iniciativa estranha a esses interesses de ter êxito, seja a iniciativa empresarial, cultural, desportiva ou outra.

A acusação é do BE que diz que, tal como os eucaliptos, o PSD-M seca tudo em volta.

O Bloco esteve esta manhã em campanha na baixa do Funchal, entre a Rua dos Aranhas, Carreira até ao Largo do Chafariz a contactar as pessoas na rua, a alertar para os graves problemas que vivemos a a apresentar a suas soluções.

Segundo uma nota de imprensa, a realidade da Madeira é de gritantes desigualdades na distribuição da riqueza, com as mais altas taxas de risco de pobreza do país e com os jovens a emigrar, com a população a diminuir – menos 3.600 alunos no próximo ano letivo – pois aqui não há futuro.

Este é o resultado das escolhas do PSD que, segundo o BE, governa para os grandes interesses económicos e contra a maioria da população.