SESARAM nega parceria publicitada por empresa de aparelhos auditivos

hospital

SESARAM utentes 2
Estas imagens foram divulgadas pelo médico Rafael Macedo a denunciar a situação que agora é alvo de esclarecimento por parte do SESARAM.

carta sesaramO Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira, E.P.E. (SESARAM, E.P.E.) emitiu hoje uma nota dando conta que teve “conhecimento que uma Clínica Auditiva da RAM utiliza o nome do SESARAM para promover vendas de aparelhos auditivos, considerando por isso necessário alertar e esclarecer que “não foi formalizada nenhuma parceria entre o SESARAM e a Clínica Auditiva em causa”.

Efetivamente, esta reação surge num momento em que houve uma denúncia pública por parte do médico Rafael Macedo, na sua página do Facebook, onde publica imagens do documento enviado com o a referência ao SESARAM, criticando o facto do SESARAM andar a enviar cartas aos seus utentes a promover venda de aparelhos auditivos de uma empresa. Na verdade, o texto indica que a empresa ARTISOM vai promover, no Centro de Saúde do Caniço, um rastreio gratuito, invocando parta tal uma parceria com o SESARAM.

Hoje, o Serviço Regional de Saúde vem desmentir qualquer parceria. “O SESARAM é totalmente alheio a eventuais vendas/compras de aparelhos auditivos; Não foi autorizada a divulgação e/ou utilização do nome e/ou logotipo do SESARAM para promoção deste tipo de iniciativa; O SESARAM lamenta a situação e repudia a atuação da empresa em causa, usando o nome do SESARAM para alcançar os seus interesses; O SESARAM reforça que não existe qualquer tipo de parceria estabelecida com a clínica auditiva. Perante eventuais dúvidas sobre parcerias existentes no SESARAM, agradecemos que sejam esclarecidas na instituição por forma a evitar informações falsas e/ou duvidosas”.

Já depois do comunicado, o médico estranha que o SESARAM não tenha anunciado que iria processar a empresa.