CDU visitou oficinas da CMF na Estação dos Viveiros para informar trabalhadores sobre “assalto aos direitos”

A CDU realizou hoje uma jornada de contacto com os, trabalhadores, visitando as oficinas da Câmara Municipal do Funchal, na Estação dos Viveiros. Na ocasião, o coordenador da CDU, Edgar Silva, declarou considerar necessário informar os trabalhadores sobre o “assalto aos direitos”.

“O PS acabou cometer mais um atentado aos direitos sociais, um ataque aos direitos laborais. As alterações que foram introduzidas pelo PS no Código de Trabalho no sentido de maior precarização laboral e desregulamentação dos horários põem em causa o direito fundamental dos trabalhadores à saúde e segurança no trabalho”, considerou.

Como disse Edgar Silva, “o PS voltou a aliar-se ao PSD e ao CDS para aprovar alterações da legislação laboral que desequilibram, ainda mais, as relações de trabalho e promovem sucessivos ataques aos direitos dos trabalhadores”.

Nesta jornada de contacto com trabalhadores a CDU comprometeu-se a intervir para contrariar o ataque aos direitos laborais imposto pelo PS. A este propósito, disse Edgar Silva que “em contraposição ao retrocesso social imposto pelo PS, a CDU lutará por uma outra legislação do trabalho que prossiga o fim para o qual foi criada – de protecção dos direitos dos trabalhadores – compatível com uma perspectiva progressista e com objectivos de desenvolvimento humano e social”.