Secretaria da Saúde marca explicações sobre Unidade de Medicina Nuclear quase parada para as 11.30 horas

A secretaria regional da Saúde acaba de marcar uma conferência de imprensa para explicar a situação relacionada com a Unidade de Medicina Nuclear, na sequência de uma reportagem de investigação da TVI, a que o Funchal Notícias fez referência ontem à noite, que denunciava o facto daquele serviço estar parado e, em contrapartida, os doentes estarem a ser encaminhados para uma clínica privada, a Joaquim Chaves Saúde, antiga Quadrantes.

O objetivo desta conferência, daqui a pouco, segundo uma nota da secretaria, é “informar corretamente a população a propósito da reportagem apresentada por um canal de televisão, no dia de ontem, em horário nobre”.

Recorde-se que a reportagem é sustentada por declarações do diretor do serviço, Rafael Macedo, bem como do antigo presidente do SESARAM e antigo diretor clínico, Miguel Ferreira.