Leilão de Móveis visa ajudar famílias carenciadas

Oficina CMF
Madalena Nunes diz que a “SocioHabita e a Câmara Municipal do Funchal são duas faces da mesma moeda”.

A Câmara Municipal do Funchal levou a efeito um leilão de artigos recuperados com a finalidade de “angariar fundos que permitam adquirir novos materiais que continuem a assegurar a recuperação de mobília em stock, neste caso destinada a famílias carenciadas do concelho, naquela que é a principal atividade da “Oficina Solidária”, gerida pela empresa municipal SocioHabitaFunchal”, como refere uma nota sobre a iniciativa que decorreu no Armazém do Mercado.

A vereadora Madalena Nunes, que tem o pelouro do Desenvolvimento Social no Município do Funchal, acompanhou a segunda edição do Leilão de Móveis da “Oficina Solidária” e congratulou-se com a iniciativa sublinhando que a “SocioHabita e a Câmara Municipal do Funchal são duas faces da mesma moeda”.

A Oficina Solidária é um projeto orgânico da Sociohabitafunchal, que nasceu em 2013