Acabou a “Era do esquecimento a que a Camacha foi votada”, disse Filipe Sousa na inauguração do Mercadinho

Mercadinho Camacha 2
O presidente da Câmara foi à Camacha inaugurar o Mercadinho.

O presidente da Câmara de Santa Cruz foi “entregar” hoje uma infraestrutura à população da Camacha, o novo Mercadinho. E utilizou a palavra “entregar” e não “inaugurar”, porque afirmou não gostar de inauguração “porque o que hoje estamos a fazer aqui é entregar esta infraestrutura à população, porque foi com o dinheiro do povo que isto de fez e não com o dinheiro do presidente da Câmara”.

Filipe Sousa não tem dúvidas: “A Era de esquecimento a que a Camacha esteve votada chegou ao fim”. Lembra que “este novo ciclo de investimento é possível depois de um trabalho de recuperação financeira e de responsabilidade, que começou a olhar para as necessidades da população ainda em tempo de dificuldade”. Recordou o investimento feito na asfaltagem da Estrada Maria Ascensão, que, como disse “durante décadas, foi o retrato do abandono a que a Camacha teve votada pelo PSD, que mais não fez do que deixar dívida e não olhar para os reais problemas da população”.

Para o autarca “este mercado é o sinal claro de que o investimento regressou à Camacha após décadas de esquecimento. E fomos nós que que quebramos este ciclo de abandono. Basta olhar para este mercado, para a revitalização do Largo da Achada e para a recuperação do parque infantil. Um ciclo de investimento que Filipe Sousa garante que é para continuar, marcando a diferença em relação aos que nem mesmo em tempos de fartura apostaram naquele freguesia. Filipe Sousa entende que o povo da Camacha tem finalmente razões para acreditar no futuro, porque a Câmara tem finalmente um rumo.

O presidente da junta foi no mesmo sentido de discurso do presidente, sublnhando que “é chegado um novo tempo naquela freguesia, prometendo trabalho em colaboração com a Câmara para finalmente dar aos camacheiros o investimento que merecem”.