TAP fez para a Madeira o primeiro voo em território nacional com avião pintado aos anos 60 e 70

TAP retro CC
O avião e tudo a bordo recordaram os anos 60 e 70. Foto José Luís Freitas
TAP retro 2
O voo foi uma viagem ao passado. Foto José Luís Freitas
TAP retro
As cores dos anos 60 e 70 voltaram à Madeira com o A330.

Retro bordoO avião Portugal, um A330 da TAP que ostenta as cores e o logo que a Companhia envergava nas décadas de 60 e 70, fez hoje o primeiro voo retro em território nacional, com partida de Lisboa e chegada ao Funchal. Foi uma viagem que se enquadra nas comemorações dos 600 anos do Descobrimento da Madeira e do Porto Santo.

O voo TP1671 saíu de Lisboa às 10:40 e aterrou no Funchal às 12:25. No sentido oposto, mantendo também o ambiente retro a bordo, o TP1682 sai do Funchal às 13:25 com chegada prevista para as 15.25.

A bordo, a TAP levou os passageiros numa viagem ao passado, recuperando as emblemáticas fardas dos tripulantes, como refere uma nota da companhia, “criadas pelo estilista francês Louis Féraud e recriando o ambiente das viagens de avião do passado, com alguns detalhes da época como a célebre mala necessaire que a TAP distribuía a bordo e que é oferecida neste voo TP1671 a todos os passageiros”.

Os produtos regionais da Madeira vão marcar presença nestes voos especiais. Os passageiros poderão degustar Bolo de Mel, Brisa Maracujá e Vinho da Madeira e receberão também como oferta argolas de garrafa em linho, com bordado da Madeira, no âmbito de uma parceria com a Associação de Promoção da Madeira e alguns produtores regionais.

No voo do Funchal para Lisboa, TP1682, que decorreu à hora de almoço, foi servido em executiva um prato típico da ilha da Madeira, peixe espada com banana, molho de maracujá e milho frito. Em económica foi servida uma sandwich de bolo do caco.