JP organizou fim-de-semana temático sobre Cultura e visitou colecção de orquídeas

A JP-Juventude Popular do Funchal refere que organizou nos últimos dias 19 e 20 de Maio um fim-de-semana temático sobre a Cultura. Na associação dessa iniciativa com a iniciativa “o melhor que o Funchal tem” que pretende reconhecer o mérito que instituições, pessoas e empresas têm no desenvolvimento do concelho do Funchal, a JP Funchal visitou a colecção de orquídeas de Pedro Spínola.
De acordo com Miguel Alves, porta-voz da JP Funchal nesta iniciativa, o reconhecimento agora prestado a este jovem do concelho do Funchal prende-se com o esforço e dedicação que ao longo destes anos permitiu criar esta colecção que é já uma referência nacional. Por outro lado, serve também como reconhecimento do impacto positivo que este trabalho tem na implementação da identidade da Madeira enquanto “Ilha das Flores”.
Neste encontro entre este jovem coleccionador e a JP Funchal abordou-se ainda a necessidade de implementar medidas políticas de defesa da diversidade e cultura botânica da Madeira, como a necessidade de formação botânica básica para os profissionais que trabalham nas limpezas urbanas e florestais da região, como forma de garantir que não se perde diversidade botânica endémica aquando dessas acções de limpeza. A nossa natureza e a floresta Laurissilva são factores claramente diferenciadores da nossa identidade cultural e turística que têm que ser convenientemente protegidos, defende esta juventude partidária.
Ao longo do fim de semana, a JP Funchal visitou também o Museu Quinta das Cruzes, assistiu ao Quarto Crescente – Encontro de Jovens Talentos da Madeira e participou na Masterclass: “A história e evolução do cinema de terror” organizada pelo Madeira Film Festival.