Venha hoje o cortejo Trapalhão mas que saiba romper com a falta de criatividade e de organização anteriores

 

Foi assim em 2017. Foto arquivo FN.

Após o sofisticado cortejo carnavalesco de sábado passado, sobretudo para turista ver, a cidade prepara-se hoje para acolher aquele que deveria ser uma manifestação genuína do carnaval madeirense, o Trapalhão, agendado para as 16 horas, com saída da Avenida Francisco Sá Carneiro.

Nos últimos anos, este cortejo tem vindo a provocar desencanto geral no público pela falta de organização dos participantes e, sobretudo, de criatividade. Um quadro que destoa de um passado rico em originalidade e sátira bem construída e oportuna. Compete, pois, aos dinamizadores deste evento, que também se tornou turístico, mostrar que não andaram a dormir perante as críticas do último ano, e recuperam, com inteligência, um cartaz típico desta terra.

Assim, a cidade já acordou com animação na Avenida Arriaga, com as oficinas infantis de carnaval, a servir pinturas faciais, moldagem de balões e jogos típicos da folia.

Pelas 16h00, terá lugar o desfile Trapalhão, de participação livre, como habitual, com o seguinte Itinerário: partida da Avenida Francisco
Sá Carneiro, Rotunda Francisco Sá Carneiro, Avenida do Mar e das Comunidades Madeirenses (faixa sul), e Praça da Autonomia/Praça do Povo.

Pelas 18h00, a festa vai continuar com um Concerto/Baile de Carnaval, a cargo da banda “Os Brilhantes Guerrilhas”.