JPP critica Governo Regional por prejudicar investimentos turísticos em Machico

JPP em campanha pro Machico. Foto DR

O partido Juntos pelo Povo (JPP) criticou hoje o Governo Regional por algumas opções que estão a prejudicar o concelho de Machico, nomeadamente ao nível dos investimentos na área do turismo.

A crítica surgiu pela candidatura do JPP, esta manhã, junto ao cais de Machico, onde lembrou a situação do Forte de São João Baptista.

“Existe um conjunto de investimentos, que deram entrada na Câmara Municipal, que necessitam do levantamento parcial do Plano Diretor Municipal, porque o próprio PDM está obsuleto e está a estagnar a economia local. Estagnado está também este projeto do Forte de São João Baptista, com fins turísticos, cujo concurso de concessão, exploração e recuperação, não tem tido o seguimento que se esperava, dando até origem a uma ação judicial contra o Governo”, salientou Carlos Costa.

O candidato lamentou que estas situações impeçam o aparecimento de mais alojamento no concelho e o tornem mais atractivo do ponto de vista turístico.

O candidato do JPP à Câmara de Machico lamentou também a opção do Governo Regional em centrar várias festividades apenas no Funchal, prejudicando outros concelhos.

“O Governo consignou cerca de 6 milhões de euros em festas, durante este ano, mas com exceção de um evento no Porto Santo, os restantes são todos na capital. Discordamos e até consideramos que algumas dessas festas podiam ser descentralizadas. O Festival do Atlântico, por exemplo, podia ter lugar nesta maravilhosa baía de Machico”, afirmou Carlos Costa.

Amanhã, dia 21 setembro, a candidatura do JPP em Santa Cruz vai estar em campanha para as Autárquicas 2017.

Durante a manhã, os candidatos estarão no tradicional porta a porta, no Caniço: a partir das 10h, nas Figueirinhas e Garajau.