Candidatura do PSD diz que foi impedida de visitar o quartel dos Bombeiros de Santa Cruz

Foto DR

Apesar de ter sido efetuado o pedido à Câmara Municipal de Santa Cruz e da resposta ter sido afirmativa, a candidatura do PSD àquele município garante que não teve ontem autorização para visitar as instalações dos Bombeiros Municipais.

“O senhor presidente da Câmara de Santa Cruz visitou as instalações e deu ordens para que não visitássemos o interior”, afirmou Roquelino Ornelas.

O candidato social-democrata salientou que, apesar de se limitarem ao espaço exterior, a receptividade foi positiva por parte dos comandantes e dos bombeiros da corporação.

“Mas não era essa a nossa intenção, era efetuar a visita, como é costume fazer e como o senhor Filipe Sousa fez durante anos quando esteve na oposição”, acrescentou Roquelino Ornelas, lamentando esta atitude enquanto presidente da Câmara.

Quanto aos Bombeiros Municipais, Roquelino Ornelas disse ser intenção da candidatura social-democrata dotar a corporação de mais meios humanos -neste momento são 54 elemento -, de modo a que “fiquem à altura da grande missão que têm”.

“A média de idades nesta corporação é muito alta, as pessoas são submetidas a um trabalho de grande desgaste”, referiu o candidato, sublinhando que se não houver esse reforço “em pouco tempo corremos o risco de não termos meios para o essencial”.

O candidato lembrou a promessa feita pelo JPP para a reposição dos quadros, que se “extinguiu com o fogo”.

Por outro lado, Roquelino Ornelas salientou que apesar de a taxa de Proteção Civil render mais 400 mil euros, apenas foram investidos 30 mil euros com os Bombeiros Municipais, o que considera ser “muito pouco”.