Estepilha! Três ilustres mosqueteiros no Porto Santo, uns nas datchas e outros no alojamento local

.

O Porto Santo volta a contar com a presença de três ilustres da política regional. O aposentado Alberto João Jardim, o renovado Miguel Albuquerque e o recandidato à Câmara do Municipal do Funchal Paulo Cafôfo. Todos a banhos, mas com a política sempre no coração.

Fontes indiscretas informam o Estepilha de que Jardim é o distinto inquilino das datchas ou antigas casas do governo, concessionadas ao Grupo Sousa. Jardim conhece bem os cantos às casas e o resto fica por conta do areal.

O seu sucessor, Albuquerque, também anima o verão portossantense. Ao Estepilha dizem que o habitat alterna entre a moradia particular de Alcino ou uma estadia no Grupo Pestana. Mas era o que faltava o presidente dar cavaco ao Estepilha do seu paraíso estival.

Paulo Cafâfo destoa do laranjal mas o homem da Confiança também marca presença na Ilha Dourada. Os críticos não percebem: um candidato independente, a concorrer ao Funchal, marca o ponto no Porto Santo para a apresentação da lista do PS local? Salada russa ou tão só o merecido descanso de um autarca que não deve explicações ao Estepilha…