Jornal da Madeira exclusivamente digital já está online para ser mais atrativo e atual

Como o FN já noticiou, o Jornal da Madeira é a partir de hoje editado na sua versão exclusivamente on line e com uma linha editorial predominantemente religiosa. Após reflexão, a Diocese do Funchal, que detém o título, contorna as limitações financeiras com o recurso ao mundo digital.

O diretor, padre Giselo Andrade, explica a viragem e o propósito desta aposta online: “Depois da edição especial publicada no dia 15 de agosto de 2016, na qual assumia a sua pertença à Diocese do Funchal, abriu-se um período de reflexão sobre o futuro a dar a este título. Os escassos recursos disponíveis e as limitações financeiras por parte da nossa população desafiaram-nos a mudar o rumo até outros “mares” e a lançar a “rede digital”.

As rubricas englobam assuntos diversos, a saber, “Em destaque”, “Igreja”, “Madeira”, “Cultura”, “Vídeos” e “Reflexão”.  A rubrica “Pedras Vivas”, que sempre constou do Jornal da Madeira impresso, é retomada, desta feita com o objetivo de  “oferecer ao sábado e domingo um serviço especial de informação religiosa” .

O diretor, Giselo Andrade, justifica o projeto na lógica de São Paulo, “Ai de mim, se não evangelizar…”

Segundo explica o diretor, “a plataforma digital do Jornal da Madeira alarga o horizonte das nossas possibilidades. Para além de mais económico, é também mais acessível e rápido, sendo ainda possível uma maior atualidade nas notícias publicadas. Pretende-se, assim, reduzir a distância entre o Jornal da Madeira e os nossos leitores, permitindo construir uma ponte aos que estão mais longe, especialmente os emigrantes. As potencialidades da utilização multimédia e a melhor qualidade das imagens permitem, ainda, uma comunicação mais atrativa e adequada aos tempos atuais.”

http://www.jornaldamadeira.com/