“Somos todos Monte” entregou hoje lista de candidatos

A lista independente Somos Todos Monte, que concorre à Assembleia de Freguesia do Monte nestas eleições autárquicas, entregou esta manhã a sua lista de candidatos no Tribunal da Comarca do Funchal.

Para presidente da Junta, esta candidatura propõe Pedro Pereira, economista, 25 anos, mestre em Gestão de Negócios Internacionais pela Universidade de Liverpool, no Reino Unido. Actualmente pertence aos quadros da SONAE e anteriormente desempenhou funções na IBM, a maior empresa de tecnologia para empresas do Mundo. Em 2013, foi já cabeça-de-lista por este movimento de cidadãos. Para secretária da Junta, Marta Sousa, bancária, 42 anos, “foi recentemente a grande impulsionadora para que o arraial do Millenium BCP se realizasse este ano na freguesia do Monte”. Para tesoureiro da Junta, Alberto Paulo Freitas, reformado, 67 anos, foi anteriormente Chefe de Compras da Jerónimo Martins. Para Vogais da Junta: Nélia Fernandes, 52 anos, ex-professora na antiga Escola do Pico e Teresa Luís, 43 anos, massagista e anteriormente voluntária na Loja Solidária da Associação de Solidariedade Social Monte de Amigos.

A candidatura conta ainda com Fábio Franco, 27 anos, ex-presidente da JSD Monte como candidato a presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia e para secretárias da Mesa: Carmo Freitas, 59 anos, professora da Escola do Tanque e Marta Baroca, 27 anos, advogada.

Em caso de vitória desta lista, entrarão ainda, no mínimo, para ocupar lugares na Assembleia de Freguesia:  Tiago Correia, 24 anos, professor e João Andrade, 23 anos, também professor.

Os restantes membros da lista constituem um grupo ecléctico, representativo de todos os sectores da sociedade.

Por fim, a lista apresenta como mandatário político Duarte Pereira, ex-presidente da Junta de Freguesia do Monte e ex-presidente da Casa do Povo do Monte.

O objectivo deste movimento de cidadãos é “desenvolver um trabalho de excelência em prol da freguesia do Monte e acabar com os anos de desenvolvimento anémico que a freguesia tem vivido com responsabilidade de toda a Governação Regional e Local”.