Bloco criticou ontem PS e PSD na zona da antiga Matur

A candidatura do Bloco de Esquerda por Machico visitou ontem a zona da Matur, denunciando “uma situação grave”: a ausência de saneamento básico. “Não há rede pública”, afirma o BE, que diz que as habitações têm fossas, registando-se rupturas e escorrências a céu aberto, casos que dizem pôr em causa a saúde pública.

É uma situação antiga, que já foi denunciada pelo PS em 2010, quando era oposição na Câmara de Machico, reconhece o BE. Mas agora que o PS está à frente dos destinos da Câmara de Machico, nos últimos quatro anos não se mostrou capaz de resolver a situação. O Bloco reconhece que a situação financeira do município não é favorável, “mas houve verbas para construir estátuas pelas freguesias”.

“Outro aspecto que mostra bem o abandono e o castigo a quem os governos do PSD regional sempre votaram o concelho de Machico é a situação da piscina da Matur, de excelente qualidade, que está aqui há longos anos ao abandono. Entretanto construiu-se uma nova piscina no Funchal, que por sua vez também não é utilizada, não tem a rentabilização que merecia”, aponta o Bloco.

O partido sublinha que o PSD “castigou” os machiquenses por não terem votado PSD, pelo que “essa gente não merece o voto novamente”. Por outro lado, apela à mudança da alternância entre PSD e PS, “um vira o disco e toca o mesmo”.