Identificado suspeito autor de atropelamento de muçulmanos em Londres

Um homem de 47 anos de idade, de Cardiff, chamado Darren Osborne e pai de quatro filhos, foi identificado como o suspeito autor do ataque contra muçulmanos em Finsbury Park, norte de Londres. O homem atropelou várias pessoas com uma carrinha. Uma delas morreu.

Segundo a BBC, a polícia britânica está a realizar buscas num endereço em Cardiff, presumivelmente a casa do suspeito, que não era conhecido dos serviços de segurança britânicos e que terá declarado que “queria matar todos os muçulmanos”.

 

 

O ataque realizou-se perto de um centro comunitário muçulmano na Seven Sisters Road, pouco passava da meia-noite.

Há várias pessoas gravemente feridas, nove delas foram conduzidas ao hospital e várias outras tratadas a ferimentos menores.

O comissário da Polícia Metropolitana declarou que se tratava, inegavelmente, de um ataque contra muçulmanos e que mais polícias passariam a estar presentes junto a estabelecimentos religiosos. Este é o quarto ataque terrorista na Grã-Bretanha em três meses, depois dos acontecimentos em Westmister, Manchester e na London Bridge.

A primeira-ministra Theresa May considerou este ataque tão revoltante como todos os outros, vitimando pessoas inocentes. A governante visitou a mesquita de Finsbury Park.

 

 

A zona é multicultural e sem grandes rivalidades entre grupos religiosos.

O homem foi dominado por transeuntes e entregue à polícia.

Supostamente, o homem terá querido atacar muçulmanos por considerá-los a todos responsáveis pelos anteriores ataques terroristas em Londres, ou seja, como forma de retaliação contra o terrorismo perpetrado pelo Daesh.