Cartazes de pré-campanha? Agradeçam aos criativos… ou nem por isso!

Começam a surgir as primeiras mensagens políticas e os primeiros slogans para as Autárquicas, na Madeira.
A avaliar pelo painel junto, as mensagens estão longe dos pergaminhos de um rasgo criativo à Edson Athayde.
É o temos, dirão alguns.
A começar pelo Funchal.
“Funchal Merece” (será de Rui Barreto ou Rubina Leal?).
“Leal ao Funchal” (esse sim de Rubina Leal).
“Agradeçam ao Cafôfo” (JSD Funchal). Com “confiança”, diria o próprio.
Os apelos ao coração estão na cara:
“Por Machico com trabalho e coração” (Ricardo Sousa -PSD).
Mas também no Funchal: “Imaculado no Coração” (Merícia Rochinha PSD).
A norte há um povo feliz com lágrimas: “Porto Moniz Feliz”, diz Rui Nelson, pelo PSD.

Ainda a norte, em São Vicente, Ricardo Catanho diz que o futuro é do PS. Será?
A leste grita-se “Conseguimos” (Filipe Sousa JPP).
Mas Roquelino Ornelas, pelo PSD pede “Uma vida nova”.
Na Ribeira Brava a luta política está acesa também nos cartazes.
A mensagem vai desde o nem aquece nem arrefece de Nivalda Gonçalves, do PSD,”Um concelho com futuro para todos” ao ibidem slogan de Ricardo Nascimento, Independente, “Ribeira Brava em primeiro”.
Quem promete “Mudar à Brava” é Luís Drumond, da JPP.

Apresentando-se naturalmente…

Mas o que todos querem mesmo é: