Iberia voa no verão para a África do Sul e cria linha para os emigrantes virem à Madeira

iberia 2
Fotos Iberia.

(Com Rui Marote) / A partir do dia 1 de Agosto deste ano, a companhia aérea espanhola Iberia volta a voar três vezes por semana de Madrid para a cidade de Joanesburgo, na África do Sul, com aviões Airbus A330-300, com capacidade para 278 passageiros e equipados com as novas classes para os voos de longa distância. É o retomar desta rota pela Iberia 20 anos após a ter interrompido.

Na sequência desta oferta, a partir de agosto próximo, os madeirenses poderão visitar a Madeira neste verão, através da Iberia, via Madrid e com ligação direta a esta região, num voo da mesma companhia. Uma operação estimada em 12 mil rands, cerca de 700 euros, ida e volta.

Há cerca de 20 anos que esta companhia espanhola não voava para a África do Sul. Uma notícia que caiu bem na comunidade madeirense radicada na África do Sul, com grande procura nas agências de viagens locais.

Recorde-se que a TAP abandonou a linha com a África do Sul há cerca de oito anos, impedindo que os portugueses viajassem numa companhia de bandeira. Só o podiam fazer se viajassem para Maputo, onde a TAP mantém essa rota.

Assim, a Iberia abre a linha aérea Madrid-Funchal-Madrid, uma vez por semana, garantindo também aos madeirenses uma porta de saída direta para a Europa e outros destinos.