Esticar a corda até formar um governo instável

FullSizeRender
Ilustração de José Alves

As eleições legislativas mergulharam o país no suspense: quem vai formar governo? A coligação Passos-Coelho, a quem o Presidente da República já se apressou a receber para formar governo? O PS coligado com a esquerda do PCP e do BE? Até ao final da semana, os portugueses saberão da resposta.

De um momento para outro, as negociações nos bastidores sucedem-se e é vê-los puxar a corda a testar os limites dos possíveis governantes. Costa fica no meio do fogo cruzado a ver onde pode encontrar abrigo, se no centro, se na esquerda. Os portugueses fartaram-se da austeridade e querem uma solução entre o passado e a renovação. A ver se a corda não rebenta para algum lado.