Indivíduo ficou em prisão preventiva por violência doméstica e posse de arma proibida

Um indivíduo do sexo masculino, com 52 anos, natural e residente no Funchal, foi detido pela Polícia de Segurança Pública pelos crimes de posse de arma proibida e de violência doméstica.

A detenção do cidadão indicado ocorreu na sequência de diligências policiais de investigação desenvolvidas pela Estrutura de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica da Divisão Policial do Funchal, as quais permitiram solicitar à autoridade judiciária competente a emissão de mandados de busca domiciliária e busca em viatura, refere o Comando da PSP.

A execução destes mandados realizou-se na passada terça-feira, e da mesma resultou a apreensão de uma arma de caça, diversas armas brancas sem utilização definida e algumas concebidas com o único propósito de agressão e/ou intimidação, aproximadamente 180 gramas de substâncias psicoactivas e ainda 7 animais de espécie invasora – caracol africano – cuja detenção é proibida.

Os animais foram entregues ao Instituto de Conservação da Natureza e Florestas da RAM para efeitos peritagem e aplicação das contraordenações, refere a PSP.

Perante a prova material e testemunhal recolhida e apresentada perante o juiz de instrução criminal, foi aplicada ao indivíduo em questão a medida de coação de prisão preventiva.