PSD manifesta pesar pelo falecimento do Cónego Alexandre Mendonça

O PSD apresentou, na Assembleia Legislativa da Madeira, um voto de pesar pelo falecimento do cónego Alexandre Mendonça, endereçando, aos familiares e amigos, sentidas condolências e enaltecendo a sua dedicação e atenção para com a comunidade portuguesa residente na Venezuela.

Natural de São Pedro, Funchal, o cónego Alexandre Mendonça emigrou para a Venezuela aos 12 anos, onde se formou sacerdote, concretizando aquela que dizia ser “a coisa mais linda e importante” da sua vida, recordam os social-democratas.

Era conhecido como o mentor da comunidade luso-venezuelana, sendo a proximidade à Madeira e aos Madeirenses uma premissa da sua vida.

Director da Missão Católica Portuguesa, homem atento e dedicado, Alexandre Mendonça acolheu dezenas de compatriotas que perderam tudo o que tinham nas enxurradas de Vargas, em 1999.

O seu trabalho, a sua atenção para com a comunidade luso-venezuelana e os mais vulneráveis levaram a que fosse por diversas vezes distinguido, com a atribuição de diferentes títulos, entre eles o de comendador da República Portuguesa e a Medalha de Mérito das Comunidades Portuguesas.