PPM Porto Santo garante ter nova e necessária política para a “Ilha Dourada”

O PPM Porto Santo insiste em que o Porto Santo precisa de uma nova política, uma nova visão, a que os monárquicos madeirenses têm. E que aproveitam para enumerar: Autonomia e poder de decidir o que queremos para a nossa terra; barco todo o ano, sem paragem no mês de Janeiro, parceria negociada; gestão municipal da marina, em benefício do povo, e da ilha; parque de campismo municipal; gestão municipal dos parques de estacionamento pagos, com as receitas para a câmara municipal; se houver necessidade construção de novos parques de estacionamento pagos ou não, conforme a necessidade, com gestão do município; defesa intransigente dos interesses da  ilha; regime fiscal próprio; e governação participativa, com consulta à população sobre assuntos relevantes para a “Ilha Dourada”.

“A mudança para o Porto Santo está no voto em António Melim”, afiança o PPM, apelando ao voto.