Santa Cruz justifica a situação na praia dos Reis Magos

A Câmara Municipal de Santa Cruz emitiu um comunicado “lamentando profundamente” o “aproveitamento político e a falta de ética dos candidatos do PSD e do PS face a uma avaria ocorrida na Estação Elevatória dos Reis Magos”. Recorde-se que os banhos naquela praia estão interditos por causa de descargas para o mar.

“Aproveitar uma avaria, algo que ninguém pode controlar, nem prever e que pode acontecer em qualquer parte do mundo, para fazer política e manchar o bom nome das instituições e empresas que gerem os equipamentos é dos patamares mais baixos a que ética e a política podem descer”, sentencia a autarquia santacruzense.

“A baixeza da estratégia política assume contornos ainda mais graves no que se refere ao candidato do PSD, que, numa atitude rasteira, acusa a actual gestão camarária de não gostar do Caniço, cidade onde investimos deste o primeiro mandato e que estava há anos esquecida pelo PSD. É preciso não ter vergonha nem memória, mas felizmente a população não  se orienta pelos mesmos valores desta gente.  É preciso sobretudo ser muito mal formado para dar a entender que qualquer presidente da Câmara possa cometer atentados ambientais de forma irresponsável ou premeditada contra a população”, assegura a Câmara.

E, para que conste, fica aqui a explicação técnica do que ontem ocorreu no Caniço, refere a CMSC:

“Durante a manhã do dia de ontem, a Estação Elevatória dos Reis Magos entrou em by-pass entre as 13h30 e as 13h50. O motivo para a Estação ter entrado em by-pass deveu-se à avaria do relé de nível da sonda que acciona o funcionamento da grade mecânica. A avaria do componente em questão fez com que a grade não funcionasse, no modo automático, durante o período mencionado, conforme seria expectável”.

“O período de by-pass aconteceu entre a recepção do alarme e a chegada ao local, por parte da equipa de manutenção”, conclui o comunicado.

“Foi a primeira vez que aconteceu um problema desta natureza”, assegura-se.