Filipe Sousa escreve a Albuquerque insistindo no encerramento das escolas

Foto Rui Marote

O presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Filipe Sousa, escreveu ao presidente do Governo Regional, voltando a manifestar preocupação pelo não encerramento das escolas.

“Volto ao seu contacto para, mais uma vez, apelar ao encerramento das escolas que ainda continuam a funcionar. Este meu pedido tem por base não apenas os números gerais da pandemia da COVID-19, que continuam a estar bastante altos, mas também o crescente número de casos em contexto escolar”, dirige-se Filipe Sousa numa missiva remetida ao chefe do Executivo.

“Além disso, ao apelar a V. Exa. nesta matéria sou o porta-voz de muitos pais que me têm contactado, fazendo precisamente o pedido de encerramento das escolas, à semelhança do que já aconteceu no território continental. Estes pais revelam ansiedade e preocupação com a circunstância de terem surgido casos nas turmas dos filhos e a opção estar a ser não pelo isolamento profilático das turmas, mas sim pela continuidade das aulas presenciais”, salienta o edil santacruzense.

“Os munícipes que me têm contactado queixam-se, ainda, da circunstância da informação por parte das escolas ser deficitária e de dificuldades para conseguir contactar as linhas de apoio. Creio que o encerramento das escolas seria assim uma medida que traria alguma paz aos pais, bem como iria contribuir para  achatar a curva de contágios, que está bastante alta na Região e no concelho de Santa Cruz. Ciente de que nos une o mesmo objetivo nesta luta, agradeço, desde já, a sua melhor atenção a este meu pedido”, refere Filipe Sousa.