Olavo Câmara recomenda ao Governo Regional que saiba aproveitar apoios para políticas de emprego

O deputado do PS-Madeira à Assembleia da República, Olavo Câmara, salientou ontem, o facto de o Governo da República ter vindo a reforçar as verbas para o desenvolvimento das políticas de emprego, considerando que o Executivo madeirense tem de saber aproveitar estes apoios para responder a este problema no arquipélago.

Na audição à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, no âmbito da discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2021, o deputado madeirense mencionou que combater o desemprego, manter o trabalho digno, aumentar os rendimentos e combater a precariedade e as desigualdades é o caminho que o PS tem vindo a seguir nos últimos orçamentos do Estado.

Olavo Câmara afirma que as regiões autónomas da Madeira e dos Açores sofrem com uma alta taxa de desemprego, apresentando os piores indicadores do País a este nível, mas também no que se refere ao desemprego jovem, à emigração e ao abandono escolar precoce.

Por isso, enalteceu o aumento das transferências previstas para as políticas activas de emprego e formação profissional contempladas no Orçamento. “É o sexto orçamento feito pelo Partido Socialista em que esta verba é aumentada ano após ano”, destacou o deputado, frisando que a Madeira recebe hoje mais três milhões de euros para este efeito do que recebia em 2014, quando o PSD e o CDS governavam o País. Segundo o parlamentar, “o Governo PSD/CDS reduziu as verbas para a Região ano após ano, quando mais precisávamos. Pelo contrário, o PS tem vindo a aumentar os valores para a promoção de políticas de emprego na Região”. Nesse sentido, questionou a ministra sobre se este é um caminho para continuar.