Jovens camaralobenses apresentaram projectos para o concelho no “Banco de Ideias”

O Museu de Imprensa da Madeira albergou ontem a cerimónia de entrega de prémios do Banco de Ideias 2020, uma iniciativa da Câmara Municipal de Câmara de Lobos em parceria com a associação Teatro Metaphora. Esta acção visa promover a participação juvenil na vida do concelho. Foram apresentadas oito propostas; as três premiadas serão concretizadas com a aplicação de 5000 euros do orçamento municipal.

O Banco de Ideias 2020 promovido pela Câmara Municipal e Associação de Amigos das Artes- Teatro Methaphora surgiu com o intuito de fomentar a participação activa dos jovens na vida cívica do concelho.

Um desafio aceite por uma dezena de jovens que apresentaram um total de 8 propostas, as quais foram preciadas por um júri tendo em conta a sua viabilidade e possibilidade de aplicação face aos constrangimentos provocados pela pandemia em curso. Os 3 projectos vencedores serão aplicados sendo atribuído um valor de 5000 euros, do orçamento municipal, para a sua concretização. A cerimónia contou com a presença do secretário regional da Educação, Jorge Carvalho, do executivo municipal e de João Rodrigues, director regional da Juventude.

Foram premiados os seguintes projectos:

Valorização do Património Natural do Concelho”.

Pela componente inovadora, exequibilidade, valorização do património cultural, promoção de boas práticas e comportamentos saudáveis, participação e integração dos jovens no seu concelho e o cultivo de laços e atitudes cívicas.

Workshops de fotografia”.

Pela sensibilização da população para os problemas ambientais através das fotografias, a educação não formal, a exequibilidade, qualidade, criatividade e promoção do concelho.

“Expansão do projetco- Arte nas Portas”.

Pela componente inovadora e criativa, pois dá continuidade ao projecto nas zonas mais rurais e abrange todas as freguesias do concelho; é uma proposta inclusiva, prevendo-se a participação e envolvência dos jovens das freguesias do concelho na recolha de materiais reciclados e na elaboração dos próprios painéis. Ainda de relevar a componente ambiental e exequibilidade, sustentabilidade, criatividade e qualidade.

Para o edil Pedro Coelho, “as propostas recebidas são um bom sinal. Sinal que apesar dos constrangimentos, os jovens de Câmara de Lobos não pararam de pensar activamente mais do que no futuro, no presente do seu concelho. A governação do executivo câmara-lobense sempre se pautou pela implementação de metodologias participativas que resultaram em vários projectos como o PDM Participativo e a intervenção social participada. Com o Banco de ideias 2020 procuramos incentivar a participação dos jovens na vida actgiva do concelho, uma participação cívica, com ideias concretas que extravasam a tradicional e também importante participação política.”