Leitores reagem e questionam também esplanadas a ocupar a via pública

Na sequência do artigo ontem publicado pelo Funchal Notícias, relativamente a certos abusos de esplanadas no centro do Funchal, no que à ocupação do espaço público diz respeito, os leitores reagiram e continuam a denunciar o posicionamento indevido de mesas, cadeiras e guarda-sóis em zonas de circulação que, ao fim e ao cabo, pertencem a todos. Desta feita foi o nosso leitor Alexandre Andrade que enviou estas imagens relativas a uma esplanada que ocupa uma zona de grande circulação em frente ao mercado. A fiscalização da ARAE tem andado a verificar no interior e não só dos estabelecimentos o cumprimento das regras de distanciamento social, limitação da ocupação, cumprimento dos planos de contingência com todas as suas regras de uso de máscaras, desinfecção das mãos, etc. Mas seria bom que as entidades competentes, camarárias ou governamentais, verificassem também se, à custa do distanciamento social no interior dos estabelecimentos, não se está a abusar no que à “expansão” das esplanadas diz respeito.