Augusto Santos Silva: Decisão “absurda” e “errada” [vídeo]

¡AF!