Sara Madruga insiste na necessidade de testes à Covid-19 nos aeroportos nacionais

A deputada Sara Madruga da Costa questionou o Governo da República a propósito dos testes nos aeroportos nacionais. Disse Sara Madruga no âmbito de uma audição à Ministra da Saúde no parlamento nacional que é necessária uma resposta, clara e objectiva, acerca dos procedimentos que serão adoptados pelo Governo central, relativamente ao controlo dos passageiros nos Aeroportos nacionais.

A questão já tinha sido anteriormente colocada, atendendo a que a retoma da actividade turística e a promoção do turismo interno devem ser acompanhadas por medidas de segurança que sejam, no fundo, uma garantia para a saúde pública, relativamente a todos os que circulem, neste caso do continente para a Madeira ou o para o Porto Santo.

“A exigência da apresentação de testes de diagnóstico do tipo PCR negativos à entrada dos Aeroportos regionais foi uma das medidas que foi – e bem – adoptada, com a Região a assumir, inclusivamente, a totalidade dos custos e do pagamento dos referidos testes e cabe-nos saber se, na origem, ou seja, nos Aeroportos nacionais, será ou não seguido um modelo semelhante a este”, vincou, na ocasião, a deputada, alertando para a necessidade de haver uma intervenção responsável, por parte do Governo da República, “para que todo o trabalho que está a ser feito na Região não seja posto em causa”.

“Esta falta de definição nas regras a adoptar pode vir a afectar e a prejudicar a Madeira e o seu turismo e é nesse sentido que questionamos, mais uma vez, o Governo da República, acerca do que pretende fazer e se irá ou não implementar o controlo que lhe compete nos Aeroportos nacionais, de modo a que exista alguma equidade na acção e no esforço para a contenção desta doença”, concluiu.