Tempo quente e “cheiro” a férias fazem “cair” máscaras e cuidados; Governo Regional alerta para regras de acesso ao mar

Bom tempo apela à praia mas é preciso manter o alerta para as recomendações.

As elevadas temperaturas que começam a surgir neste desconfinamento constituem apelo inevitável a uma “corrida” às praias e a uma descompressão relativamente a procedimentos que são aconselhados a esta retoma gradual da vida que a Covid-19 impôs. O tempo e a “corrida às praias”, com um certo “cheiro” a férias, fazem com que milhares venham a sair de casa neste fim-se-semana na Região.

Os madeirenses, na generalidade, estão a cumprir, mas a verdade é que enquanto no início da semana viu-se um cenário maioritariamente composto por proteção com máscara, mesmo no exterior, que não sendo obrigatório é aconselhável, a verdade é que no final da semana o Funchal já registava a maior parte sem máscara, situação à qual não é alheia a temperatura e a saturação destes condicionamentosde circulação. As máscaras vão “caindo”, os cuidados também, sendo que a ausência de casos na Região está a dar uma sensação que o vírus já foi embora, o que como se sabe não é verdade.

A direção regional do Ambiente e Alterações Climáticas deu a conhecer algumas indicações especificamente preparadas para os acessos ao mar, muito útil para estes sábado e domingo de maio, previsivelmente de grande afluência às zonas balneares.

“Se está a pensar ir à praia este fim de semana, esta informação é para si. Faça a sua parte, cumpra as regras”, alerta a direção regional com o regulamento que se segue: