Comissão de utentes do SRS aponta cenário negativo para a Saúde em 2020

A Comissão de Utentes do Serviço Regional de Saúde esteve hoje junto à Assembleia Legislativa da Madeira no âmbito de uma acção destinada a apontar as preocupações dos utentes do Serviço Regional de Saúde com o Orçamento Regional para 2020 para a área da saúde.

Nesta iniciativa o Porta-Voz da Comissão de Utentes, Filipe Olim, referiu que se observa uma redução de 13% no orçamento para a saúde, face ao ano transacto. “Tentam desviar a atenção para este facto com a justificação de que este ano a verba para pagamento de juros e encargos é menor, mas isso não faz com que o orçamento actual faça face às reais necessidades dos utentes da Região”, disse.

Relativamente ao Programa de Recuperação de Cirurgias, Filipe Olim aponta que “aumentaram a verba em 2,5 milhões, mas se as listas de espera continuam a subir exponencialmente, esta verba claramente não será suficiente para colmatar esta falha grave no Serviço Regional de Saúde. Actualmente, nem temos noção dos números reais da saúde, porque o micro site da transparência do SESARAM não é actualizado desde Dezembro de 2018. E os números recentemente publicados na imprensa são assustadores, cerca de 21.400 cirurgias em lista de espera.”

O porta-voz referiu ainda que o aumento dos encargos com Recursos Humanos está longe de ser o investimento necessário, porque sendo nós uma Região ultraperiférica, há necessidade de fixar aqui os médicos que faltam no Serviço Regional de Saúde.