Câmara do Funchal executa nova rede de água potável no Beco da Madalena e vai servir 60 habitantes de 14 moradias

A Câmara Municipal do Funchal está, neste momento, a executar uma nova rede de água potável e águas residuais na Entrada 34B do Beco da Madalena, em Santo António. O presidente Miguel Silva Gouveia, e o vereador Rúben Abreu, que tem o pelouro das Águas e Saneamento Básico na Autarquia, estiveram a acompanhar o decorrer das obras. O investimento é de 31 mil euros.

Segundo uma noyta da Autarquia “o vereador Rúben Abreu vincou que o lançamento das novas condutas gravíticas “vem beneficiar um pequeno aglomerado de moradias localizado abaixo do Beco da Madalena, sendo que esta é uma intervenção de elevada importância para os residentes desta zona, pois tem por objetivo construir novas condutas de água potável e também ampliar a rede de esgotos em zonas deficitárias do concelho, solucionando assim diversos problemas associados ao mau funcionamento e saturação das mesmas”.

O lançamento desta nova rede irá servir cerca de 60 habitantes, de 14 moradias, sendo que consiste na implantação de dois troços independentes de coletor gravítico. O primeiro situa-se no Beco nº34B, que serve o aglomerado e será executado ao longo do mesmo até à rede em funcionamento. O segundo troço situa-se a uma cota abaixo do beco referido e terá também uma ligação independente à rede existente. Os trabalhos incluem a abertura e fecho de vala, colocação de tubagens e acessórios, reposição das serventias existentes e respectivos pavimentos intervencionados.