PDR alerta para tratamento desigual entre funcionários públicos e privados

Os funcionários privados devem ter os mesmos direitos e regalias que os funcionários públicos. Esta é a opinião do Partido Democrático Republicano (PDR).

O candidato às eleições legislativas de 6 Outubro, Filipe Rebelo diz que esta desigualdade não faz sentido.

“Uma das coisas mais flagrantes é a diferença no salário mínimo entre o sector privado e o sector público. Há também a questão da idade da reforma, a questão dos horários praticados entre público e empresas privadas. As pessoas não percebem este tratamento desigual”, revela.

Filipe Rebelo prosseguiu hoje em campanha para as eleições legislativas de 6 de Outubro e insiste que o Estado precisa de assegurar igualdade de direitos a todos os trabalhadores portugueses, mesmo que isso signifique exigir mais junto das confederações empresariais.”