85 docentes estão a ser formados para delegados de segurança nas escolas

Na passada sexta feira, dia 27, iniciou-se uma formação para docentes com o cargo de Delegado de Segurança nas escolas da Região Autónoma da Madeira (RAM). Esta formação, de 25 horas e creditada pela Direcção Regional de Educação, realizou-se no auditório do Serviço Regional de Protecção Civil.

Os docentes com este cargo têm a missão de desenvolver anualmente, em cada escola, as medidas obrigatórias por lei relativas à segurança contra incêndios, nomeadamente a sensibilização da comunidade escolar relativa aos seus planos de prevenção e emergência, assim como a execução de exercícios internos de evacuação e abrigo, bem como de simulacros com as autoridades, esclarece uma nota de imprensa. 

Estes docentes dinamizam ainda conteúdos relativos a outras situações de segurança e de risco, incluindo os gestos que salvam vidas ou a prevenção de riscos naturais; neste último caso, cumprindo uma medida constante no relatório do Instituto Superior Técnico relativamente ao risco de aluvião na RAM, assim como no Plano de Gestão de Risco de Inundações (PGRI).

Na semana anterior (dia 20 de Setembro), realizou-se ainda uma reunião geral para os cerca de 150 delegados de Segurança que continuam em funções nas várias escolas das RAM, visando relembrar os objectivos do projecto Educação para a Segurança e Prevenção de Riscos (ESPR), apresentar os novos recursos pedagógicos, assim como planear a dinâmica das diferentes dimensões e actividades do projecto.

Em ambas as iniciativas, o Presidente do Serviço Regional de Protecção Civil, capitão José Dias, e o vice-presidente, Miguel Branco, dirigiram aos presentes uma mensagem de confiança e valorização da sua missão, entendendo-a como fundamental na promoção de uma cultura de segurança em toda a comunidade educativa.